Conheça as cores de carros mais vendidas no Brasil

cores de carros

PCPB não é nenhum partido político. São as cores predominantes de automóveis no Brasil: Preto, Cinza, Prata e Branco. O mercado brasileiro de carros é muito conservador em relação às cores de seus automóveis. O brasileiro acredita que um automóvel de cor diferente das básicas preto, cinza, prata e branco, sofrerá discriminação na hora da venda e perderá valor. Aos poucos, nas ruas do país vão surgindo cores diferenciadas nos automóveis como amarelo, azul, verde e até mesmo rosa. O presidente da Axalta, fabricante mundial de tintas automotivas, Antonio Carlos Lacerda, afirma que “O desenvolvimento tecnológico está levando possibilidades infinitas no número de cores, com inúmeros tons, subtons e variações de tonalidade conforme a luminosidade. Isso permite segmentar cada vez mais e fugir da massificação, indo em direção a um dos desejos do consumidor de hoje: a personalização”.

Leia também: Carros conectados à internet deixaram de ser ficção

A indústria química alemã BASF por sua vez, acredita que a cor do futuro para os carros do mundo todo será o verde. A empresa de design Color and Trim da Fiat no Brasil lançou os tons exclusivos para o Novo Uno: amarelo Citrus, verde, azul e laranja. Nas pesquisas sobre o Uno constatou-se que os consumidores mais jovens preferiam os carros coloridos. Entre as 17 cores oferecidas, o verde box o amarelo citrus e os tons de azul despontaram na preferência dos pesquisados. A Ford apostou no azul Califórnia para o Novo Fiesta. A GM também ousou nas cores da Picape Montana e do Novo Chevrolet Agile, com verde, azul e vermelho. A linha Adventure do Fox da Volkswagen também inovou.



A Kia Motors também buscou tons vibrantes para o Picanto e Soul. “O jovem, quando compra um carro, ele não pensa apenas na qualidade e na beleza, ele quer se sentir bem, ver e ser visto. Ele quer que todos vejam o que ele está dirigindo”, explica Ary Jorge Ribeiro, diretor de vendas da Kia Motors do Brasil.

A verdade é que está surgindo no Brasil um novo tipo de consumidor, menos conservador e sem medo de ousar. A cor do carro transcende o lado estético e é uma extensão do dono. A possibilidade do Brasil finalmente ingressar na nova tendência de automóveis com cores mais vibrantes é inevitável. Uma prática que já faz parte do cotidiano de países europeus, asiáticos e Estados Unidos inclusive. Conforme a Axalta Coating Systems, India e Rússia são os países com o maior índice de consumo de automóveis de cores chamativas. Aqui no Brasil, apesar de ser um país tropical, as cidades estão cada vez mais cinzentas. Esses automóveis coloridos ajudariam a alegrar mais a paisagem.

Foto: Matéria Incógnita

publicado em: Notícias

Publicar um comentário